Estrutura de um Soneto


Estrutura Básica

O soneto é, geralmente, composto por dois quartetos e dois tercetos.

Métrica

O soneto deve possuir em cada verso o mesmo número de sílabas poéticas.

Rima

Outra característica importante de um soneto é a ordem em que os versos rimam, ou posicionamento de rimas. Para os quartetos, existem três formas principais de posicionamento:

Rimas entrelaçadas ou opostas – abba (o primeiro verso rima com o quarto, o segundo rima com o terceiro):

“Vês?! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a ingratidão – esta pantera
Foi tua companheira inseparável…” (Augusto dos Anjos)

Rimas alternadas – abab (o primeiro verso rima com o terceiro, o segundo rima com o quarto):

“Cheguei. Chegaste. Vinhas fatigada
E triste, e triste e fatigado eu vinha.
Tinhas a alma de sonhos povoada,
E a alma de sonhos povoada eu tinha…” (Olavo Bilac)

Rimas emparelhadas – aabb (o primeiro verso rima com o segundo, o terceiro rima com o quarto):

“No rio caudaloso que a solidão retalha,
na funda correnteza na límpida toalha,
deslizam mansamente as garças alvejantes;
nos trêmulos cipós de orvalho gotejantes…” (Fagundes Varela)

Os tercetos, por sua vez, são mais flexíveis com relação ao posicionamento das rimas. Fernando Pessoa, por exemplo, usou a estrutura cdc ede nos tercetos a seguir:

“Há saudades nas pernas e nos braços.
Há saudades no cérebro por fora.
Há grandes raivas feitas de cansaços.

Mas – esta é boa! – era do coração
que eu falava… e onde diabo estou eu agora
com almirante em vez de sensação?…”

William Shakspeare, por sua vez, escrevia, ao invés de dois tercetos, um quarteto e um dístico (cdcd ee).

“But thy eternal Summer shall not fade,
Nor lose possession of that fair thou ow’st,
Nor shall Death brag thou wander’st in his shade,
When in eternal lines to time thou grow’st,

So long as men can breathe or eyes can see,
So long lives this, and this gives life to thee…”

Outros exemplos de posicionamento de rimas nos tercetos são cde cde, um dos mais famosos, cde edc e também cce dde.

Sonoridade

O último componente importante de um soneto é a sonoridade, isto é, onde estão as sílabas tônicas de cada verso. Quando combinadas, essas sílabas fazem com que o soneto tenha melodia.

Exemplos:

Heróico – Decassílabo com sílabas tônicas nas posições 6 e 10

Sáfico – Decassílabo com sílabas tônicas nas posições 4, 8 e 10

Alexandrino – Dodecassílabo com tônica na sexta e na décima segunda sílaba.

Adaptado de: http://www.sonetos.com.br/escrever.php

———————————————————

Exercício – Escrevendo Sonetos

Escreva uma estrofe de soneto sobre um tema a sua escolha usando as regras acima citadas, e mande um comentário com a sua estrofe.

Anúncios

22 opiniões sobre “Estrutura de um Soneto

  1. Pô, já passei aqui pelo blog, e até comentei que não sei nada disso, mas não sabia que era o tema do blog!! Interessante a ideia. Beijo

  2. Não sei sobre o que escrever.
    Muito menos sobre o que comentar.
    O exercício não sei fazer.
    Daí preferi enrolar.

  3. O comentário do Dragus foi bom!
    Mas hoje, ih, eu não sei mais rimar
    nem escrever os versos com bom som
    então, hoje também vou enrolar.

    XD

  4. realmente sou um amante das poesias e agora um aficsionado por sonetos obrigado pelas dicas serão de extrema ajuda ! um forte abraço!

  5. Realmente gostei muito da explicação
    me ajudou a criar um soneto para um concurso
    se eu ganhar
    foi com sua ajuda
    abração

  6. Soneto a Ariadne

    És a mais bela das flores em meu jardim
    Do céu a mais brilhante estrela é você
    Casta mulher Ariadne, tem dó de mim
    Pois só tenho felicidade ao tem te ver

    Ariadne, Ariadne, bela mulher!
    Estava inspirado ao fazer-te Deus
    Beijar tua boca não há um que não quer
    Igual é enrolar-se nos cabelos teus

    Com você perto de mim o tempo não há
    Nada importa com você ao meu lado
    Meu coração junto a ti só quer te amar

    Já distante fico mui desesperado
    Imaginando se queres me maltratar
    Quando rejeitas meu peito apaixonado

  7. Soneto Decassílabo Heróico

    Um soneto fazer estou tentando
    Mas mostrando-se está isso impossível
    Só vejo uma barreira intransponível
    Devo continuar? Seguir lutando?

    Eu queria realmente estar optando
    Por meus versos, porém, sendo inflexível,
    Esse poema – não é ele vencível –
    Em busca do primor vai se formando

    Opor-me a força desta correnteza?
    Já não resisto, deixo-me levar
    Na sua trilha ele terá ampla clareza

    Liberto-o e faço-o, livre, se guiar
    Pois agora tenho essa certeza:
    O soneto, só, há de se encontrar

  8. isso é legal, interessante
    porém nem um pouco exitante
    me sinto feliz ao realizar apenas
    equações de matemáticas pequenas

  9. (Novato, no ato de amar.)

    Rimas, aonde andarão
    Foram embora
    Sem nenhuma explicação
    Agora fico eu aqui, chorando toda hora

    Com elas, meu amor.
    É assim que deve ser
    Quero que a morte aqui venha me ver
    Para que assim eu conheça outra dor.

    Não é assim, e não será
    Há uma chama aqui
    Que não cessará.

    Essa chama mantêm a esperança
    De um dia te encontrar
    Para poder-lhe dizer, eu sempre vou te amar.

  10. Soneto: Solidão

    Deitado em um leito de solidão
    Em busca da solução
    Em um vale escuro como a morte
    Caminho ao encontro da sorte

    No meio da solidão busco teu perdão
    Querendo alcançar seu coração
    Sorriso não mais tenho
    Só encontro teu desdenho

    Em meio ao medo e ao pavor
    Finjo não ter nenhuma mágoa
    Busco perder a minha dor

    Dor que morde, que mata
    Faz me sentir vazio
    Solidão que me maltrata

    Por Edina Costa

  11. gostei da explicaçao, mas falta alguns detalhes sobre como dividir em silabas um verso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s